Parabéns a todos os contadores!

Em 22 de setembro, a classe contábil brasileira comemora o Dia do Profissional da Contabilidade.

A data marca um fato histórico: A criação do primeiro curso de Ciências Contábeis do país, em 1945 (na Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG). Neste ano, o Decreto de Lei nº 7.988, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas, regulamentou e tornou oficial a criação do curso de graduação em Ciências Contábeis.

Ser contador (a) é viver desafios diários. A nossa profissão pode não ter um aparente glamour e, por vezes, a devida valorização financeira e profissional ficam aquém do vital trabalho realizado por nós contadores. Contudo, a mudança dessa realidade passa, primordialmente, pela nossa autovalorização.

Somos a conexão principal entre os fiscos do país (Municipal, Estadual e Federal) e o cliente. Exercemos um papel relevante para o crescimento social e econômico do país.

Face a tantas e complexas mudanças, não há nada mais gratificante que contribuir para a continuidade das empresas. Transformamos números aleatórios em muito mais do que débitos e/ou créditos, propomos soluções para pessoas físicas e jurídicas, contribuímos de forma direta ou indireta para o crescimento do nosso município, estado, país e do mundo.

Pelo merecido reconhecimento da importância do contador para a economia, bem como para toda a sociedade, neste Dia do profissional da contabilidade, deixo aqui registrado o meu orgulho de ser contadora e uma singela homenagem a todos os colegas de profissão, afinal, mesmo enfrentando tantos desafios, a classe contábil luta, firme e forte, na busca incansável do melhor para as organizações.

“A colaboração que o contador pode dar à empresa vai muito além dos limites que a maioria dos empresários requer. ”  Antônio Lopes de Sá

Forte abraço!

Escrito Por

FERNANDA GADELHA ALVES

Deixe um comentário